Os 38 Remédios Florais de Bach são divididos em 7 grupos. Um deles é o grupo do medo, que contém os florais ligados aos vários tipos de medo. 

Dr. Bach dizia que pelo medo nós perdemos a nossa essência e, que todo medo deve ser banido e nunca deveria existir na mente humana, por ser algo estranho a nós, que somos centelhas da Vida Divina, invencíveis, indestrutíveis e imbatíveis. São eles: 

Aspen: medo de causa desconhecida, tem inquietação interna e confusão mental. Tremores e arrepios, muita sensibilidade. As pessoas que precisam de Aspen são aquelas que quando entram em um ambiente elas captam tudo. São muito telepáticas. O Dr. Bach escreveu sobre os sintomas de Aspen: “Para medos indefinidos, que não tem explicação, nem razão de ser. A pessoa também pode estar apavorada diante do pressentimento de que algo terrível vai acontecer, sem que saiba exatamente o que será. Esses medos indefinidos e inexplicáveis podem obcecá-lo dia e noite. Os que os sofrem costumam ter receio de contar aos demais suas preocupações”.  

Cherry Plum: medo de perder o controle da mente e estar se encaminhando para um colapso, perdendo o domínio de si mesmo. Pessoas que precisam do Cherry Plum sentem-se incapazes de fazer frente às forças mais poderosas que sente surgem dentro delas. Reagem com medo.  Não compreendem que existe uma lei, segundo a qual, todo desenvolvimento mental e espiritual significa a ativação não só de forças construtivas brilhantes, positivas, mas também, do outro lado, de forças negativas, escuras e destrutivas. Fazem-se diligências ansiosas para manter as forças escuras debaixo da superfície. Isso revela o medo fundamental da personalidade de abrir-se mais para o processo de desenvolvimento. 

Mimulus: Medos fóbicos e conhecidos, tais como, medo de ficar doente, do escuro, de altura, da morte, hipersensibilidade ao barulho, à luz, ao som de voz, ao cheiro. São medos criados através da lógica, conhecidos como medos orgânicos.  Foi provavelmente a primeira flor que o Dr. Bach encontrou iniciando, assim, seu trabalho de amor para a humanidade com muita coragem. Mimulus vai trabalhar a coragem, resgatar a harmonia, equilíbrio de todas as partes do organismo. “A conquista da nossa liberdade, da nossa individualidade e independência irá requerer, em muitos casos, uma grande dose de coragem e de fé”, assim se referiu Dr. Bach ao floral Mimulus. 

Red Chestnut: Medos gerados pelo excesso de cuidado e ansiedade pelos outros, especialmente pela família e amigos íntimos. Pessoas que precisam de Red Chestnut constantemente temem o pior, antecipando alguma coisa terrível que acontecerá, sempre dando conselhos de prudência aos outros. Pressentimentos conscientes com o outro, sempre do lado negativo. Elas tem medo por expectativa. São tipos “mãezonas e paizões” que cuidam de todos, de tudo, por todos. Dr. Bach escreveu a seguinte mensagem a respeito do Red Chestnut: “Nossa alma nos guiará, se lhe dermos ouvidos, em todas as circunstâncias, em cada dificuldade. E a mente e o corpo, assim dirigidos, transporão a vida irradiando felicidade e perfeita saúde, livres de todas a preocupações e responsabilidades, como uma criança confiante.” 

Rock Rose: O medo desse floral é representado pelo estado de pânico. Ocorre um mal funcionamento do sistema nervoso que pode levar a pessoa à perder o senso da realidade (não sente, não fala, não ouve, fica em estado de pânico). Tem medo de tudo. É o medo do medo, é o terror. Dr. Bach diz que “todo medo deve ser banido, nunca deveria existir na mente humana, e só é possível quando perdemos de vista a Divindade. É algo estranho a nós, porque somos filhos do Criador, centelhas da Vida Divina, invencíveis, indestrutíveis e imbatíveis”. Rock Rose ajuda a restabelecer o contato com o Divino permitindo, assim, a sua presença em nossas vidas e, dessa forma tornar-se possível afastar o pânico. 

Fonte: Os Remédios Florais do Dr. Bach – Dr. Edward Bach; Terapia Floral do Dr. Bach – Mechthild Scheffer; Aprenda a ser Feliz com os Florais de Bach – Mara Paroni e Celso Paroni; Participando da vida com os Florais de Bach – Carmen Monari